O acidente da TAM e o jornalismo colaborativo


Ok. Fiquei me segurando, mas não me contive em comentar algo sobre o “acidente” – sim, entre aspas já que nada ainda indica a real causa – com o avião da TAM, vôo JJ 3054 que vinha de Porto Alegre. Vasculhe os blogs de jornalismo e verá a gafe cometida pelo UOL. Publicaram uma foto que era uma farsa e, adivinhem quem é o autor da imagem? Um leitor. Sim, é o tal do jornalismo colaborativo.

É o que mostra a falta de noção e tato dos grandes veículos em lidar com essa nova forma de comunicação. Aliás, foi uma festa de “mande sua foto” pra lá e pra cá nos portais que dava até vergonha. Só faltava ter uma mensagem: “se você tiver fotos dos corpos carbonizados, envie que publicamos na home, estamos desesperados por uma dessas”.

O Giba publicou também seu comentário sobre o fato dos grandes portais terem de implorar por fotos de internautas que estavam ou passaram pelo local no Techboogie. Ele também propõe uma discussão bastante saudável sobre jornalismo profissional x conteúdo gerado por usuários. Vale a pena a visita e participação.

Ele cita, ainda, que teria publicado no seu próprio blog se tivesse imagens do local. Creio que eu faria o mesmo. Infelizmente – talvez por medo de serem considerados aproveitadores de situação trágica – achei bastante tímida a ação dos blogueiros em relação ao acidente. No dia seguinte achei que encontraria material rico e comentários pertinentes, mas poucos se arriscaram como o Walter Carrilho e o Inagaki.

Aliás, parabéns ao amigo fotógrafo, que também conheço bem e sei de sua competência. Como morava perto da região, pegou a máquina e saiu correndo no primeiro sinal. Quando chegou ao local, as autoridades sequer tinha isolado a área. As imagens puderam ser conferidas em alguns dos principais jornais do País.

Aliás, quer mais uma boa gafe? Essa foi cometida pela equipe de O Globo e sacada pelo Lóssio. Mataram o ACM antes do tempo.

Anúncios

5 comentários em “O acidente da TAM e o jornalismo colaborativo

  1. Interessante no caso do UOL é que se a moderação do material que as pessoas encaminhassem fosse feita pelos próprios internautas, provavelmente a imagem não ficaria nem cinco minutos no ar, sendo logo denunciada e condenada pelos próprios. Daí é o tal dilema: abre as portas e deixa os usuários se moderarem, ou fecha e só permite e coloca o que lhe convém.

  2. Tímida?
    Nossa, todos os blogs estão falando sobre isso…
    Realmente, está deprimente assistir o jornal. Todas as redes estão competindo pra ver quem grava a maior tragédia.
    Ontem passou uma menina chorando a perda de um parente deseperadamente, e a câmera ia seguindo o rosto dela, enquanto ela tentava esconder. Imagina essa cena, que ridícula.

  3. O Lossio lembrou bem o fenômeno da automoderação. Como a Wikipedia. Mas, tb há falhas… como a Wikipedia tb… q teve de expulsar um colaborador e apagar o conteúdo pq ele dizia ser o especialista q não era.
    x
    Mas, o conteúdo de usuários é tendência mesmo. Se tem esse caô no UOL tb, por outro lado, tem aquela gravação da cratera do metrô gravada de um celular…
    x
    Precisa moderar mesmo. Eu acho q o ideal é um esquema wiki+profissional fixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s