Pesquisa RP Digital – Abracom

Volto para transmitir uma informação importante. Já está no ar a nova edição da pesquisa do Grupo de Relações Públicas Digitais da Abracom (Associação Brasileira das Agências de Comunicação). Faz algum tempo que não produzimos este tipo de levantamento, mas com a evolução do mercado vale a pena retomar isso.

A proposta é fazer um raio X da relação entre as agências – sejam elas de RP, Publicidade ou Digitais – e as mídias sociais. Além disso, devemos fazer um comparativo com o último levantamento realizado, que você pode conferir aqui:

Ela está um pouco mais extensa nesta edição, mas não é difícil e não levará muito mais tempo para responder. Acesse este link e participe. Se puder  encaminhar para outras pessoas ou divulgar, vai ajudar bastante!

Anúncios

As agências de comunicação e as mídias sociais

Já está disponível a segunda edição do levantamento que avalia o uso e a percepção das agências de comunicação – e seus profissionais – em relação às mídias sociais.

A base é quase a mesma do número de participantes do ano passado, mas a pesquisa traz alguns dados complementares e novas informações como, por exemplo, a empresa com presença digital que é considerada referência para quem atua nas assessorias de imprensa.

Houve, sem dúvida,  uma grande evolução do conceito e dos modelos de mídias sociais dentro das agências. Apesar disso, a justificativa do ROI – como já acontece com assessoria de imprensa – continua sendo uma das maiores dificuldades desse mercado, assim como demonstrar o real valor do trabalho.

Enfim, estas são apenas algumas informações. Confira os principais resultados, participe e comente:

Pesquisa – RP Digital

Sim, está bastante atrasada a pesquisa deste ano. Em breve, porém, teremos a análise completa. Enquanto isso, deixo aqui algumas considerações que já foram percebidas:

  • Em 2009 realizamos uma pesquisa para identificar o perfil do profissional de comunicação nas redes sociais e como ele utiliza esses recursos. Dessa vez, além de retomar o tema, a meta foi ampliar o volume de informações sobre este segmento;
  • Um longo questionário foi desenvolvido e distribuído apenas no ambiente digital;
  • Na edição 2010, 197 profissionais liberais de comunicação e de diversas agências participaram voluntariamente, base muito semelhante a do ano passado;
  • A maioria dos participantes é do sexo feminino (60%), do estado de São Paulo (57%) e formado em jornalismo e RP (71%);
  • Nesta edição houve uma grande participação – quase 50% com até 20 colaboradores – de agências de pequeno porte (47%). No total, mais de 114 agências participaram.
  • Até por conta dessa informação, é possível perceber que os donos/presidentes (15%) aparecem em volume grande;
  • A maior parte dos respondentes tem entre 18 e 30 anos (59%), o que demonstra um público bastante jovem.