O fim da Gazeta Mercantil


A notícia pegou muita gente de surpresa. Para outros, é apenas o fim de uma agonia que dura alguns anos. O encerramento das atividades da Gazeta Mercantil, que já foi o mais respeitado jornal do País, ainda é incerto e aguarda definições do ex-dono da publicação.

Enquanto isso, alguns jornalistas de lá se manifestam e estão prontos para contar os bastidores da decadência. Recebi um e-mail com o texto abaixo. Claro, não posso revelar o nome da pessoa que enviou:

“Agora é real! Depois de muitos anos de agonia, a Gazeta Mercantil chegou ao fim de forma triste. São anos de trabalho e dedicação ao jornalismo,  muitos amigos e a experiência ganha na cobertura de economia. Mas acabou! Deixo meus contatos para quem quiser bater um papo ou saber das últimas peripécias de Tanure, Levy e cia.”

2 thoughts on “O fim da Gazeta Mercantil

  1. Estava mais do que na hora desse jornal servil, acabar. A Gazeta durante muitos anos foi considerado o 1° jornal do Brasil. No entanto, o esteriótipo não lhe é dado por mérito. Afinal, a Gazeta era e sempre foi um jornal que estava pronto para prestar seus “serviços jornalísticos” a uma pequena elite antinacional.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s