Uma leva de títulos


Como faz tempo que só venho públicando histórias e análises (ah… tá), vou aproveitar e soltar algumas coisas mais básicas que andei recebendo nos últimos dias, mais especificamente do final de 2007 até agora. Comentários em itálico:

Mussum Mocó estima abrir 500 npovas vagas em 2008
Cuma? É verdade. É tão raro aparecer vaga e nessa quantidade que o povo até sem empolga na hora de escrever e sai isso aí!

Especialistas do mundo todo se reúnem, no Brasil para discutir questões sobre a tortura
Deixe-me ver se entendi bem: existe gente especializada em tortura? Já imaginei uma porrada de caras bombados, com aqueles sacos pretos na cabeça, cordas nas mãos, chegando para o evento. A vírgula no meio é secundária, vou até pular.

Tecnologia da Aimentos
Essa assessoria precisava fazer um curso com o Cebolinha. Nossa, essa foi péssima. Prometo me esforçar para apresentar uma piadinha melhor.

A/C de Rduardo Vasques
Uia, mudaram meu nome e nem fiquei sabendo. Ficou mais fácil de pronunciar agora.

Sistema de Help Desck aumenta a produtividade
Que mistureba do inferno. Como esse “c” foi parar aí no meio? Ok, não respondam.

Mussum Mocó adquiri 100% ações da Chiquinha Souza
Claro que essa não podia deixar de aparecer. Todo mês alguém manda uma dessas.

Tchutchona Brasil reforça equipe e traz mais executivos para suas filias 
Lembrou-me de um programa de TV que gravávamos na faculdade e um colega de grupo exibia um cartaz para mudar o assunto da entrevista. Na cartolina branca aparecia em letras garrafais a frase: “Fale sobre os milhonários”.

XPTO conduz enquête sobre a utilização do e-mail corporativo
Ah, vai. Ficou chique. Parece pronúncia em francês.

Lei micro e pqns Empresas/Sindicato
Santa preguiça. Além do mais não sabe sequer abreviar.

Painél TV Digital – Convite Fórum
Literalmente escrevendo como se fala.

O Pinquim (Happy Feet) tem animação baseada em soluções da Xiquititas
Provavelmente a assessora não tem filho e não vê a TV Cultura. Ah.. não conhece animais.

7 thoughts on “Uma leva de títulos

  1. Eduardo,

    O corretor do meu Word sempre corrige “enquete” para “enquête”. A pessoa da pérola deve ter sido “traída” pelo programa. Mas nada justifica a falta da revisão.

    Abraço,
    Gabriel Borges Fortes

  2. hehe, o caso da ‘enquête’ ali em cima, acredite se quiser, é a suposta correção em português que o word da microsoft oferece na ferramenta ortográfica do programa.

  3. Eu recebi uma ótima recentemente, Edu:

    “Nosso contato é só para retirar uma dúvida! Por favor, quando será públicada a pauta sobre aquele almoço com Fulano e Cicrano da Mussum Mocó?? Eles estão muito anciosos!!!!”

    Vc consegue imaginar a “ância”?

  4. Oi Camila,
    Gostei do “retirar uma duvida”, parece medico falando de cirurgia “Precisamos agendar a retirada da duvida, antes que fique maior”.
    So de pensar em cirurgia me da “ancia”.
    Edu,cade a lista de coletivas?

  5. A maioria desses erros foram de digitação. Parece desleixo, falta de atenção e revisão (e são), mas uma verdade tem que ser apontada: não são piores que os erros de digitação que vemos diariamente na mídia, seja impressa, seja online (com a vantagem desta última de poder ser corrigida).

    Pior que isso são as informações erradas. E os jornalistas de redação não têm idéia do que nós, assessores, sentimos quando vemos uma informação ‘interpretada’ pelo colega de redação que acaba virando uma coisa completamente diferente.

    Isso geralmente acontece para justificar uma tese que o jornalista quer porque quer defender, mesmo que todas as evidências levantadas na apuração apontem o contrário.

    Há espaço neste blog para as pérolas da imprensa? Seria, no mínimo, divertido.

  6. Fala Rodrigo, tudo certo?
    Obrigado pela visita e comentário. Sim, há espaço aqui para tudo que diz respeito ao relacionamento entre mídia e assessoria. Quando tiver boas, envie-me.
    Grande abraço

  7. Sugestão: consultar um dicionário ou uma gramática de português (Brasil).
    Ao invés de discutir, porque não consultar o dicionário e checar se há diferença entre “enquete” e “enquête”, ou qual delas é a correta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s