O nível: das universidades e dos alunos


Uma amiga, dona de assessoria, está fazendo testes com estudantes de jornalismo para uma vaga de estágio. Ao ler os questionários respondidos por alguns dos candidatos, encontrou algumas das melhores pérolas dos últimos tempos. E isso é sério, verdadeiro. Isso prova o nível atual dos estudantes e das universidades:

Cite o nome de um ministro brasileiro.
William Kassab, prefeito da cidade de SP

Qual a população do Brasil?
Aproximadamente 4,6 bilhões de pessoas

O que lembra Kafka?
Termo estrangeiro que aparentemente me remete a um acordo, ação ou comida.

Cite um fato relevante ocorrido na última semana.
Foi elegido o conservador Sartrovzki

O que é lead e quais informações precisam estar nele?
Não sei ao certo, mas presumo que sejam informações de integração ou de pesquisas cientificas ou impéricas.

Anúncios

30 comentários em “O nível: das universidades e dos alunos

  1. Vocês não entenderam nada, este pessoal tem uma visão futurista.
    Quem disse que o Kassab não pode ser ministro? E outra, daqui a 678 anos o Brasil pode ter sim, seus 4,8 bilhões de habitantes.
    Agora só me fala uma coisa, que porra é Sartrovzki??

  2. Bruno,
    Há profissionais que são chamados de estagiários só pq estão no começo da carreira… mas são seres pensantes, que trabalham de verdade. E, nestes casos, muita gente nem fica sabendo que carregam o rótulo de estagiário!

    Também há “estagiários” formados há mil anos, que sequer sabem de onde veio a sorte para receberem o crachá e o holerite da companhia que os emprega… c´est la vie!

    Já fui estagiária e vc também JÁ FOI!
    Tenho certeza que não escreveríamos bobagens em um teste assim e que a querida dona DESTA assessoria em questão, certamente, nos contrataria!
    😉

  3. Bruno e Tulipinhas, não briguem por favor. A infeliz premiada com esse questionário é a santa que vos fala e que por coincidência é amiga de ambos. Bjs! MEL PS Vocês que me conhecem conseguem imaginar a cena quando olhei as respostas do meliante. Quase joguei o cara pela janela rsrsrsr

  4. Mel, a gente que te conhece fica é surpreso ao saber que você não jogou o energúmeno pela janela! hehehehe
    E eu gostei mesmo foi do “elegido”…

  5. Caros,

    esclarecendo a dúvida popular que fez bombar meu msn venho por meio dessa declarar que o infeliz que produziu essas respostas foi um único ser humano. Ou seja, não é um apanhado de deslizes pontuais de várias pessoas. É um caso sem cura mesmo. Bjs!

  6. não sou contra estagiários, mas prefiro os frilasssssssssssssssss… agora que estagiários renova, transforma e muda completamente o ambiente de redação não tenho dúvidaaaaaaaaaaa nenhuma! hahahahahahaha! isso é zueira, né? o cara não queria emprego e resolveu zoar….

  7. Mel, de fato deveria ter jogado. A propósito, o questionário se arriscou a perguntar para o colega o que ele entendia por TI?

  8. FB informa: Sartrovzki é ucraniano e um grande produtor de cristais. Seu trabalho ganhou fama na França e dali espallhou-se pelo mundo – fato comprovado por pesquisas impéricas (aquelas que usam metodologias criadas por Maria Antonieta).

    O sucesso deste cidadão na França foi tão grande, que ele foi reentemente elegido presidente daquele país, graças também ao apoio que o ministro William Kassab (também prefeito de SP) deu à sua campanha.

  9. Fábio… hahahahahaha! Adorei!

    Mel… tinha que ter jogado o cara sim!! Ô santa paciência… Mas vou com a Ceilita. O cara tava de brincadeira, não é possível!!

    Quanto aos estudantes de jornalismo… além de modelos e analfabetos, temos também Gugus e, agora, até jogador de futebol. Ai, que orgulho da carreira que eu escolhi…

  10. Mel!.
    Acho que vc está sendo rigida demais com as respostas dos estudantes. Sugiro que vc tome um uísque e releia todos os questionarios. Aliás, só comece depois de tomar a garrafa toda para entrar na mesma sintonia. Mesmo sem beber, eu até já vi coerência em algumas. Você vai encontrar muitas outras.

    Sobre Kafka: o cara não quis ser obvio e mandou respostas inspiradas. Releia e veja que há uma relação, sim.
    comida —————————– barata
    ação (processo juridico = papel) ——–barata
    acordo (documento = papel)———— barata

    Sobre lead:
    Você colocou uma questão filosófica e quer uma resposta objetiva?
    Pense bem! Não se sabe ao certo o que é um lead, sabe? Isso é muito relativo. E são informações integradas, não são? ou estariam soltas no parágrafo? Pondere.Ele ainda esta estudando. Até o final do curso, ele deve ter uma percepção mais clara para uma questão tão complexa. Se bem que tem muita gente que termina o curso sem saber. Essa questão, convenhamos, não era simples.

    Ah, o Fabio ja esclareceu sabiamente outras questões.
    Por isso, sugiro que vc releia os questionários com um novo olhar.

    beijo

  11. Eu tava pensando que era um compilado de respostas absurdas. Sinceramente, acho que o cara só tava zoando mesmo contigo, Mel. Cê não acha? Porque a resposta da população do Brasil e do lead são muito ridículas – tem que ser muito alienado pra responder algo assim.

  12. Fábio, adorei sua explicação Sartrovzkiana… agora gente, ou esse cara estava de brincadeira ou ele cheirou uma carreirinha antes de começar a responder esse questionário…

    bjkas

  13. bruno
    quando encontrar com a mel, pergunte como foi o momento inesquecível em que ela – grávida, por sinal – compartilhou a sala do IDG com seu “grande” amigo… ele quase voou pela janela, literalmente.

  14. Como representante das pessoas de baixa estatura, não gosto dessa história de sarcasmo não… hahahahahahahaha. Sabe, isso é preconceito! 😛

  15. sou do MRLAIC (movimento revolucionário de libertação do acento indicador da crase).

    Brincadeira… estava usando um teclado fora das regras ABNT

    E como foi “na esportiva”, vai do jeito que está mesmo..

    =)

  16. Vejo um meado em tal assunto que não entra na questão: ironia e a falta dela (arrogância). Crase, santa paciência, jogador de futebol…

    “Mas todo mundo explica
    Explica, Freud, o padre explica, Krishnamurti tá
    vendendo
    A explicação na livraria, que lhe faz a prestação
    Que tem Platão que explica, que explica tudo tão bem vai lá que
    Todo mundo explica
    protestante, o auto-falante, o zen-budismo,
    Brahma, Skol
    Capitalismo oculta um cofre de fá, fé, fi, finalismo
    Hare Krishna, e dando a dica enquanto aquele
    papagaio
    Curupaca e implica
    Com o carimbo positivo da ciência que aprova
    e classifica

    O que é que a ciência tem?
    Tem lápis de calcular
    Que é mais que a ciência tem?
    Borracha pra depois apagar
    Você já foi ao espelho, nego?
    Não?
    Então vá!”

    Certamente, existem coisas mais interessantes pra se discutir que uma crase ou uma tentativa de homicídio…

    A estruturação das idéias que uma pessoa pode fazer sem auxílio científico é infinitamente genial…

    Até mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s