Fuga do follow


E por falar em follow, vejam a mensagem automática do correio eletrônico de um site bastante conhecido na web. A dica foi enviada pela amiga Renata Saud:

Prezado usuário,
Obrigado por acessar o Mussum Mocozis News*.
– Caso tenha enviado uma sugestão de pauta, mandaremos link se ela for aproveitada.
Por favor, não entre em contato com a redação por telefone para tratar do assunto.
Se precisarmos de algo, entraremos em contato.
Caso tenha enviado alguma sugestão ou tenha feito alguma consulta, espere resposta em breve.
Atendimento ao Usuário
Mussum Mocozis
http://www.mussummocozis.com.br

Mais simples e direto impossível. Sem tucanagem.

Anúncios

8 comentários em “Fuga do follow

  1. Eu sempre defendo a campanha “RESPONDA O E-MAIL E EVITE O FOLLOW UP”.

    Recebeu e leu um convite de almoço, coletiva, uma sugestão de pauta ou de nota: responda logo o e-mail dizendo sim ou não. É simples, rápido, poupa tempo e evita o temível FUP.

    Talvez não te livre do mala que liga pra saber se vc recebeu um e-mail qualquer, mas já reduz o numero de assessores na sua orelha.Quem aderiu, gostou e já tem até ROI. 😛

  2. Andrea, isso é mais complicado do que parece.
    Fiquei dois dias fora da redação e, quando voltei, tinha mais de 1200 e-mails. Ok, eu diria que metade disso era spam e lixo eletrônico puro. Mas e os outros 600? Como eu responderia isso em um ou dois dias? Sinceridade, acho que não rola. O lance mesmo seria que os coordenadores e donos de assessorias entendessem que o follow burro é uma das práticas mais irritantes na relação assessor X jornalista. Como você vê na maioria dos casos, quem paga o pato, mico, etc, é sempre o atendimento. O cara que está na ponta, que precisa fazer o relacionamento com o jornalista é que se queima.

  3. Edu,
    Não estava me referindo ao follow “burro”, aquele do PR comum. Mas, sendo burro ou não, o follow é algo chato (mas necessário em varios casos). Por isso, a sugestão que comigo tem funcionado.

    Para mim,o follow é válido nas situações que comentei no post (almoço, pauta,case, coletiva, nota, artigo etc) pq são ações personalizadas e nao o PR comum, quando nao vale. Salvo no caso de um PR que seja de algo muito importante, como uma fusao/aquisição.

    Claro que tem exceções. E, se a pessoa ta viajando, nada vai funcionar: nem o retorno do email nem a ligação. E geralmente tem o aviso de email, que é bem util.

    Mas a sugestão em questão é, sempre que possível, dê retorno ao e-mail. lembre-se cada retorno é uma ligação a menos.

    Quanto ao follow “burro” e insistente, talvez convenha a quem está na redação a tarefa de explicar que isso nao funciona(mas sem patada pq, como vc falou, às vezes o atendimento tá cumprindo ordens)já na primeira ligação.

    Porque assim, quem sabe, vocês ajudam a educar esses assessores que vão repassar na assessoria que a pratica não só é ineficaz como irrita o jornalista da redação.

  4. Sim… mas aí é que está Andrea. 90% dos telefonemas que recebemos tratam de follow burro. A proposta desse blog é exatamente mostrar o que pode ser melhorado nessa relação entre assessoria X redação. Esses posts nada mais são do que dicas para que as assessorias conheçam com mais detalhes o que é bacana e o que irrita as redações.

    E, confesso: em alguns momentos é bem difícil manter a calma nas situações de follow, que dirá explicar para a figura que esse tipo de contato não vale mais a pena. Como eu citei em algum post, uma figura de uma assessoria me ligou três dias diferentes para falar sobre os mesmos dois releases que eu já havia dito que não rolaria nada. Raros são os assessores que ligam para bater um papo sobre mercado e não somente sobre a empresa. Cada um quer vender o seu peixe e não consegue inserir o seu cliente em um contexto maior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s