Só para constar


Fenaj insiste na criação do Conselho de Jornalismo

Da Agência Câmara

O presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Sérgio Murillo de Andrade, disse há pouco que sua entidade vai insistir na criação do Conselho Federal de Jornalismo (CFJ), prevista em projeto apresentado e depois retirado pelo governo do Congresso. No seminário “Direito Humano à Comunicação: Um Mundo, Muitas Vozes”, ele acusou o governo de ter uma relação “covarde e historicamente subalterna” com a imprensa, ao ceder às pressões pela retirada dos projetos que criava o CFJ e a Agência Nacional do Cinema e do Audiovisual (Ancinav).

Para o jornalista, o CFJ é um dos mecanismos necessários para garantir o controle da sociedade sobre os meios de comunicação. “A liberdade de imprensa no Brasil significa a liberdade da empresa jornalística”, alertou Sérgio Murillo. Ele acusou a mídia nacional de se recusar a aceitar o direito à liberdade de pensamento, uma das conquistas da Revolução Francesa.

O seminário, promovido pela Comissão de Direitos Humanos e pelo Fórum das Entidades Nacionais de Direitos Humanos, está sendo realizado no auditório Nereu Ramos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s